Exercícios - Funções Sintáticas

Lista 1

1. Trata-se de objeto indireto:

Seu apego ao País era exagerado.
Tomaram-lhe o carro no assalto.
Viram-no devolver o livro.
A quem o livro foi remetido?
Um habitual leitor de jornais tem mais segurança nos investimentos.

2. Trata-se de complemento nominal:

A compra do acervo artístico visa à criação de um museu.
A restrição às importações deste ano foi duramente criticada.
O financiamento daquele projeto advém dos impostos.
A doação de alimentos do exterior foi necessária.
Os sem-terra foram expulsos pela força policial.

3. O termo em destaque está corretamente classificado no item:

Quem lhe respondeu assim? - complemento nominal.
Desejosos dos velhos livros, fomos encontrá-los num sebo. - objeto indireto.
Fácil de resolver, o problema não foi discutido pelos grupos. - agente da passiva.
Longe de casa, Camões compôs Os Lusíadas. - complemento nominal.
Muitos foram os avisos de Maria do Socorro, mas ninguém a ouviu. - objeto indireto pleonástico.

4. O termo em destaque está corretamente classificado no item:

Simpática ao grupo, ela tornou-se seu guia. - objeto indireto.
Muitos o reconheceram na fotografia, apesar da máscara. - objeto indireto.
A gregos e troianos, poucos agradariam. - objeto direto preposicionado.
A ti, não te perdoariam se faltasses. - objeto indireto pleonástico.
Encontrávamos de tudo na velha bodega. - objeto indireto.

5. O termo está corretamente classificado no item:

A quantos telefonemas atendemos ontem? - agente da passiva.
Os policiais encontraram a ambos logo que chegaram da viagem. - objeto direto preposicionado.
As peças de que o mecânico tem necessidade são estas. - objeto indireto.
A quais jogos viste no último campeonato? - objeto indireto.
A quais jogos assistiremos no próximo domingo? - objeto direto preposicionado.

6. Em que caso a preposição que antecede o termo integrante não é motivada pela regência?

Insensíveis às reivindicações populares, alguns políticos terão dificuldades nas próximas eleições.
De quem estavas queixando-te?
A quem não perdoaria aquela santa?
O jogador tentou enganar ao próprio parceiro.
Pague ao rapaz que entregou a encomenda, por favor.

7. Está correta a classificação do termo em destaque:

No início da sessão, o juiz cumprimentou a todos. - objeto indireto.
O juiz expulsou do campo a ambos, o técnico e o jogador. - agente da passiva.
A ti não te encontraram sábado passado. - objeto indireto pleonástico.
O acidente a que assistimos parecia um filme. - objeto indireto.
O livro de que precisavas estava na estante. - complemento nominal.

8. Está correta a classificação do termo em destaque:

A viagem à Lua foi útil à vida humana? - objeto direto preposicionado.
O réu de que ele era defensor foi absolvido. - complemento nominal.
O carro que conduzíamos foi multado. - sujeito.
A quem se deve entregar um requerimento nesta seção? - agente da passiva.
A quem descobriste naquela multidão? - objeto indireto.

9. A preposição não é explicada pela regência na opção:

A obediência aos avós não era observada naquela família.
O filme ao qual ele assistia venceu o festival.
A que lei obedeces, à dos homens ou à de Deus?
Tentou seqüestrar ao próprio sobrinho.
O emprego ao qual aspiramos não existe nesta cidade.

10. Está correta a classificação do termo em destaque na alternativa:

Tudo que lemos está naquele fichário. - adjunto adnominal.
O produto nacional seria inferior aos importados? - adjunto adnominal.
Simples e funcional, o novo carro agradaria a todos. - objeto direto preposicionado.
Carol, ao chegar do colégio, agradava o cãozinho. - objeto direto
Antes de viajar, abraçou-se longamente com os amigos. - adjunto adverbial.

11. A classificação está correta na opção:

Muitos programas de televisão são apelativos. - adjunto adverbial.
A documentação da qual precisavas já está pronta. - complemento nominal.
Rocha, atleta brasileiro, não participará dos jogos estaduais. - vocativo.
Com as últimas pesquisas, a candidatura oposicionista ganhou novo ímpeto. - adjunto adnominal.
Incríveis, as jogadas do time de vôlei feminino não foram suficientes para garantir a vitória. - adjunto adnominal.

12. Marque a opção em que se sublinhou o adjunto adnominal:

Estudei bastante para o exame.
Eram bastante úteis aquelas máquinas.
Uma distância bastante considerável separa-nos da Lua..
Moras bastante longe deste bairro.
A comédia encerrou com bastantes gargalhadas.

13. A circunstância está corretamente associada em:

Ela trabalha pelos pobres. - causa.
Nunca vi um disco voador. - tempo.
Ele insiste em falar de política. - conformidade.
No verão, todos suávamos de calor. - conseqüência.
Para que vieste, se não trabalhas? - meio.

14. O aposto está corretamente identificado:

          I - Mudaram tudo na reforma da casa: móveis, tapetes e cortinas.
          II - Nasceste no mês de outubro?
          III - Vai às compras, que já chega a noite.
        

somente em I
somente em II
somente em III
em I e em II
em II e em III

15. A classificação está correta na alternativa, considerando a seguinte oração: "O luar estava muito branco." (Graciliano Ramos, São Bernardo.)

Há, ao todo, três termos acessórios: "O", "muito" e "branco".
"muito" é adjunto adverbial.
"branco" é aposto.
"muito" tem a mesma função sintática do artigo "O".
O verbo é o núcleo do predicado.

16. Marque a opção em que aparece destacado o aposto:

Márcia, é você quem está nesta foto?
O Rio Jaguaribe lembra a exploração econômica imposta ao Nordeste: despeja as poucas águas que colhe na abundância do Atlântico.
Algum saber não faz mal a ninguém.
Não diga semelhante bobagem!
Os trabalhadores rurais precisam de apoio do governo.

17. Considerando o fragmento abaixo, marque a opção que apresenta a classificação correta do termo identificado: "Uma dinheirama tão (a) grande (b) gasta por um homem (c) que (d) aprendeu leitura na cadeia, em carta de ABC, em almanaques, numa bíblia de capa preta (e), dos bodes." (Graciliano Ramos, São Bernardo.)

adjunto adnominal
predicativo do sujeito
complemento nominal
objeto direto
adjunto adnominal

18. Observe os seguintes versos:

            "No fundo do martanto tesouro!
            No fundo do céu
            Há tanto suspiro!
            No meu coração
            Tanto desespero!"
            (Manuel Bandeira, Poesia Completa e Prosa: Estrela da Manhã.)
        

O adjunto adnominal está em negrito:

somente no verso 1.
somente nos versos 1 e 5.
nos versos 1, 2 e 5, exclusivamente.
apenas no verso 5.
em todos os casos em destaque.

AnteriorAcimaPróxima
Classes de Palavras - Lista 4ÍndiceRegência - Lista 1


Google
Web www.graudez.com.br